Entendendo a dor*

Explicando a osteoartrite

A osteoartrite é a forma mais comum de artrite. Saiba mais sobre o que a causa e como aliviar a sua dor.

O que é a osteoartrite?

A osteoartrite (OA) é a forma mais comum de artrite e afeta milhões de pessoas a nível mundial. A forma como a OA o vai afetar pode variar. Para alguns, esta causa sintomas ligeiros (por exemplo, dor e rigidez) que aparecem e desaparecem - mas, para outros, pode causar problemas constantes e graves. Qualquer uma das articulações pode ser afetada, mas ocorre mais frequentemente em articulações dos joelhos e dedos.

O que causa a osteoartrite?

Em articulações saudáveis, a cartilagem cobre a extremidade de cada osso. Este material firme e elástico ajuda a articulação a se mover facilmente e a agir como um acolchoamento ou amortecer de choques, entre os ossos.  Na OA, esta cartilagem pode danificar-se e desgastar-se, o que poderá levar a dores e rigidez na articulação.

É por esta razão que a OA é, por vezes, denominada artrite de "desgaste". No entanto, isto não significa que apenas afete pessoas mais velhas, cujas articulações estão simplesmente se desgastando. Ainda que seja verdade que a OA é mais comum após os 65 anos, esta pode ocorrer a qualquer idade e, normalmente, começa a afetá-lo a partir dos 45 anos de idade.

VOCÊ SABIA?

A cartilagem que amortece as suas articulações é denominada hialina (semelhante a vidro), dado que secções finas da mesma são translúcidas, inclusive transparentes.*

A OA não piora, necessariamente, de forma progressiva ao longo do tempo. Se a OA começar a piorar, os ossos podem partir-se e desenvolver excrescências denominadas esporões, sendo que fragmentos de osso e cartilagem podem ficar lascados e flutuar em volta da articulação. Nas fases finais da OA, à medida que a cartilagem nas suas articulações se desgasta, os ossos ligados podem começar a entrar em contato, levando a danos nas articulações e a mais dor. Eventualmente, mover a articulação afetada por tornar-se muito desconfortável e doloroso.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da OA variam, dependendo das articulações afetadas e da severidade.  Alguns dos sintomas mais comuns da OA incluem:

  • Sensibilidade, dor e rigidez na articulação
  • A articulação parece maior e mais "nodosa" do que o habitual
  • Sensação de raspar ou de existência de fissuras ao mover a sua articulação
  • Funções diminuídas ou capacidade limitada ao movimentar a sua articulação
  • Fraqueza e perda de músculo ao redor da zona dolorosa
  • Osteófitos, que se podem formar à medida que os ossos entrem em contato. Se sofrer de OA nas suas articulações dos joelhos, poderá sentir que estas "cedem" sobre si ou que se torna difícil endireitar as suas pernas. É provável que ambos os joelhos sejam afetados pela OA, a não ser que esta corre como resultado de uma condição ou lesão anterior que afetou apenas um joelho.

Se você sofre de OA nas mãos, você poderá sentir esporões ósseos nas extremidades das suas articulações. Isto pode tornar as articulações dos dedos rígidas, doridas, inchadas, sensíveis e avermelhadas e assim, desempenhar tarefas como escrever num teclado ou tocar piano pode ser doloroso. A OA normalmente afeta a base do polegar, as pontas dos dedos e as articulações do dedo do meio.

*hyaline cartilage | anatomy | Britannica.com. 2016. hyaline cartilage | anatomy | Britannica.com. [ONLINE] Disponível em: http://www.britannica.com/science/hyaline-cartilage

Quem está em risco?

Existem vários fatores que aumentam a probabilidade de desenvolver OA, incluindo:

  • Obesidade – ter excesso de peso coloca ainda mais pressão em articulações como os joelhos, o que pode levar a que a cartilagem se desgaste mais rapidamente. É por esta razão que as mulheres com excesso de peso encaram um risco de desenvolver OA nos joelhos quase quatro vezes superior face a mulheres não obesas, enquanto que para os homens com excesso de peso o risco é cinco vezes superior. No entanto, a obesidade pode desempenhar um papel importante em aumentar o seu risco de desenvolver qualquer tipo de OA, inclusive a OA nas mãos.
  • Gênero – as mulheres têm uma maior probabilidade de desenvolver OA do que os homens, particularmente quando se encontram acima dos 50 anos.
  • Idade – o risco de desenvolver OA aumenta à medida que envelhece.
  • Lesões nas articulações  – se você danificar as suas articulações num acidente ou durante a prática de esportes, você tem um risco maior de desenvolver OA nas articulações afetadas, ainda que os danos tenham ocorrido há anos atrás.
  • O seu trabalho – se o seu trabalho coloca muito estresse repetitivo numa articulação em particular, por exemplo, se você precisa utilizar as suas mãos todos os dias para escrever no teclado ou cortar cabelo, você tem uma maior probabilidade de desenvolver OA devido à utilização excessiva dessa articulação.
  • Os seus genes  – algumas pessoas herdam uma tendência para desenvolver OA.
  • Deformações ósseas – se você nasceu com mal formações ósseas ou uma cartilagem defeituosa, você tem uma maior probabilidade de desenvolver OA.

*GSK Global Pain Index Research 2014, report, p.88

Diagnosticando a osteoartrite

O seu médico poderá diagnosticar a OA após examinar a articulação ou articulações afetadas. Ele poderá também recomendar exames por imagem, testes de laboratório ou encaminhá-lo para um especialista para tratamento adicional.

O seu médico ou farmacêutico pode aconselhá-lo sobre medicamentos que podem ser utilizados para ajudar a aliviar a dor associada à OA. Estes incluem analgésicos como paracetamol e anti-inflamatórios não esteroides (AINES), que podem ajudar a reduzir a dor e a inflamação, disponível sem prescrição médica como cremes, gels e sprays tópicos, assim como comprimidos e cápsulas. Em alguns casos, podem ser requeridos medicamento sujeitos a receita médica.

O seu farmacêutico ou médico podem aconselhar sobre a melhor maneira de controlar a sua dor, assim como aconselhá-lo sobre o modo de controlar a OA através da perda de peso, se necessário, e a realização de exercício pouco intenso. Dado que, atualmente, não existe cura para a OA, estes são importantes e formam os objetivos principais no controle da OA.

  • Melhorar a função das articulações
  • Manter um peso corporal saudável
  • Controlar a dor
  • Alcançar um estilo de vida saudável

Saiba mais

O que é a inflamação?

Saiba sobre os processos que causam inflamação, a razão pela qual acontece e como pode fazer os nossos corpos sentir.

Saiba mais

CataflamPRO XT 12 Horas e Osteoartrite

A osteoartrite é uma causa comum das dores nas articulações. Aqui explicamos como o CataflamPRO XT Emulgel 12 Horas pode ajudar a...

Saiba mais

O que você precisa saber sobre o alívio da dor

Aqui explicamos como diferentes tipos de produtos para o alívio da dor funcionam.

Saiba mais